18/06/2014 – Norte Pioneiro prestes a se tornar referência na Bovinocultura de Leite

Em 2012, após indicação do deputado estadual Pedro Lupion, o deputado Abelardo Lupion apresentou, junto ao orçamento Geral da União, emenda parlamentar (nº32400016) nos valores de R$ 2.457.828.80, para investimentos, ou seja, aquisição de maquinários e implementos, acrescido de R$ 614.457,25 como contrapartida da SEAB e no valor de R$ 479.150,00 para custeio, capacitação técnica e qualificação do produtor.

Ainda, junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Abelardo Lupion viabilizou mais R$1 milhão, recursos extra orçamentário, para insumos, compra de sementes, adubos e fertilizantes para implantação das Unidades de Referência (UDs), pastagem e irrigação.

Pedro Lupion explica que a intenção é injetar recursos para organizar e profissionalizar a bovinocultura de leite do Norte Pioneiro do Estado e, consequentemente, aumentar a produtividade e a renda dos produtores de toda região. ?Tínhamos ciência de que era necessário desenvolver o setor e beneficiar o pequeno produtor de leite do Norte Pioneiro, por isso agregamos à emenda do deputado Abelardo Lupion a esse projeto que tem o apoio e a parceria do governo do Paraná, SEAB e EMATAER?, explica o deputado.

De acordo com o parlamentar a partir de então surgiu o projeto de apoio ao desenvolvimento da atividade bovinocultura de leite do Norte Pioneiro que vai beneficiar 24 municípios da região. ?Serão beneficiados diretamente 2500 produtores contemplados que irão aumentar a produtividade/dia?, comemora. Com a implantação das patrulhas do leite, trabalhando de forma organizada as prefeituras e os produtores avançarão muito na melhoria e reforma de pastagens em toda região. Estimamos em 2000 ha ano de reforma de pastagens?, destaca Lupion.

Segundo o deputado estadual, o projeto que está em fase de licitação e de assinatura de convênios, visa transformar o Norte Pioneiro numa referência na produção leiteira. O parlamentar salienta que a EMATER, em parceria com as prefeituras e secretarias de agricultura municipais, realiza a implantação das UDs, um técnico visita e faz atendimento na propriedade, realiza reuniões, cursos e Dias de Campos, promovendo, assim, a qualificação da pequena propriedade rural e do produtor.

O deputado aponta outro grande avanço tecnológico do projeto: a implantação de 37 unidades demonstrativas de 1 ha cada uma de pastagens irrigada, fato esse inédito e inovador na agricultura familiar, segundo ele. Para Pedro Lupion, a maioria dos municípios do Norte Pioneiro sempre teve na produção leiteira dos pequenos produtores uma cultura sustentável. ?Esse projeto visa incrementar toda a cadeia de leite da região e consequentemente suscitar a prosperidade dos produtores, familiares e municípios. A intenção é chegar a 800.000 litros dia em três anos?, enfatiza.

De acordo com a EMATER estão previsto a promoção de seminários que abordarão os temas como: Irrigação de pastagem, Manejo e Conservação do Solo, Reforma de Pastagem, Alimentação Animal e outros. Para o parlamentar a qualificação dos técnicos da Emater e das prefeituras é estratégico para o sucesso do projeto, bem como os cursos. ?Estão previsto 03 cursos com universidades e visitas as unidades de pesquisa da Embrapa São Carlos SP. De 2013 até agora,a Emater já treinou 1000 agricultores familiares em produção, manejo de pastagens e qualidade do leite?, aponta Lupion.

De acordo com a Emater, em 2014 mais dois seminários e 12 Dias de Campo envolvendo 1200 produtores acontecerão.Segundo o chefe da SEAB do Norte Pioneiro, Fernando Vieira, já foram entregues, no início deste ano em toda a região, através do convênio MDA/EMATER, sementes de milho, adubo e ureia para implementar as unidades demonstrativas de produção de silagem. ?Atualmente estamos entregando sementes de aveia e azevém para pastagem de inverno. Os resultados já estão aparecendo com as lavouras de milho entrando no ponto de silagem. Iremos iniciar a produção da alimentação de inverno e fazer as reuniões técnicas com os produtores de leite dos bairros onde estão as UDs?, comemora Vieira.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *